Blogagem Coletiva: Paz na Blogosfera Materna


A Genis, do Mamãe de Primeira Viagem propôs uma blogagem coletiva e eu não poderia deixar de participar. O tema convocado por ela foi a "Paz na Blogosfera Materna".

Quando resolvi criar o blog, o motivo era simples: registrar as minhas experiências como mãe e também era uma forma de deixar registrado o crescimento e desenvolvimento da Alice. Eu não fazia ideia da proporção do universo materno existente aqui na internet. Mas aqui eu conheci muitas mamães, aprendi muitas coisas, ensinei outras tantas, trocamos muitas experiências, muitas vivencias... E eu não tenho palavras para descrever o quanto isso é bom, o quanto isso é maravilhoso.

Só que eu e todas as outras mães que participam da blogosfera materna tenho visto muitos comentários desnecessários, muitas indiretas, muitas brigas. Tudo isso devido as diversas opiniões. E isso deveria ser uma coisa boa, toda essa diversidade devia nos mostrar pontos de vista diferentes, realidades diferentes, nos ensinar um outro jeito de enxergar a vida.

Mas não. Está na moda jogar verdades na cara, falar o que pensa sem ser questionado... E o pior é que ninguém se dá ao trabalho de se colocar no lugar do outro. Hoje, a necessidade de dizer está acima do bom senso.  Tem gente que só consegue pensar em si mesmo e esquece do outro. Respeito, gentileza, sutileza, saíram de moda. Simples assim. Viraram coisa do passado. Retrô.

E desculpe, mas isso é uma falta de noção sem tamanho. Geralmente as polêmicas são sempre sobre as memas coisas: amamentação, parto, colo, cama compartilhada... Eu não sei porque as pessoas não entendem que existem realidades diferentes, situações diferentes, crenças diferentes e opiniões diferentes. A gente não precisa concordar com todas, não precisa concordar com nenhuma se não quisermos, o que a gente precisa é ter respeito. Porque respeito é a base de qualquer relacionamento, seja entre um casal, seja entre amigos, ou entre duas pessoas que não se aturam (por que não?).

A gente pode sim falar e mostrar nossas próprias opiniões. Mas a gente tem que pensar duas vezes, tomar cuidado, principalmente quando nos expressar significa prejudicar ou magoar o outro. A gente tem que aprender a hora certa de NÃO dizer, a hora de calar. Porque tem horas, que isso é o mais sensato a se fazer. E vamos combinar, é exatamente isso que muitas vezes temos que fazer. Porque  vem cá, o que muda na minha vida se a fulana não amamenta, ou se ciclana enche o filho de porcarias, ou se beltrana quer fazer uma cesárea agendada... O que isso realmente afeta na minha vida?

Virou moda dizer tudo que se passa pela cabeça. Virou moda ser sincero a qualquer custo. A gente tem que aprender a usar o silêncio na hora certa. E repito: não é frescura, é educação. A gente pode - e deve - falar sobre nossas opiniões, nossos pontos de vista. Só que temos que aprender a falar de uma outra forma, com jeito, com cuidado. Uma palavra pode mudar tudo - para melhor ou para pior. A gente tem que aprender a usar nosso filtro. O que a gente precisa é de respeito, de gentileza. E de menos - muito menos - "sinceridade".

20 comentários:

"Maria Heloisa" disse...
30 de novembro de 2011 01:26

Sabias palavras amigas, muito bom o texto!!
beijos ♥

Dayane disse...
30 de novembro de 2011 01:57

Apoiadíssima Yasmin! As pessoas podem ter opniões diferentes, mas vamos manter o respeito. Você falou muito bem, se não temos nada de bom pra falar, melhor silenciar. Muito bom post, parabéns!
Beijos

aprendendo com o Theo disse...
30 de novembro de 2011 09:36

eu também apoio essa iniciativa......apoiada!!! bjus

Carina Ferreira disse...
30 de novembro de 2011 14:10

Falou tudo Yahh!!
O fato de termos opiniões diferentes, não nos dá o direito de ofender o outro. Respeito/educação/Paz sempre
Bjs

Juliana disse...
30 de novembro de 2011 18:17

Querida, primeiro muito obrigada pelo selinho!!! Estive ausente dos bloguinhos por falta de tempo e só vi agora. Mas adorei!!! Amo receber selinhos! E quem não ama?
Quanto a esse post está maravilhoso! Você falou e disse!
Eu, como todas as mães, também comecei meu blog como um diário particular, depois conheci outras mães maravilhosas e que admiro. Mas, não sou obrigada a pensar igual a todo mundo que gosto, né? Eu não penso nem igual a meu marido. E temos que entrar em consenso sobre que educação dar a Bebel, oras!
O problema e como você disse, todas querem se meter e criticar a vida das outras. Que me importa se alguém dar ou não de mamar? Eu manifesto minha opinião no meu blog, sobre o que eu fiz. Mas jamais posso dizer que uma mãe é boa ou ruim pq não deu de mamar! Quem sou eu pra julgar os outros?
Muito bom seu texto, mesmo!!! Concordei muito!!!
Bjos!
Juliana Almeida
www.blogdabebel.com.br

Renata disse...
30 de novembro de 2011 21:21

Falou e disse!!!
Bjs, querida!

Lily disse...
1 de dezembro de 2011 13:17

Oi Yahhh. Concordo plenamente! Ninguem sabe como é a vida da outra pessoa para poder julgar. Uma coisa q é boa e funciona comigo, pode nao ser legal para outra pessoa. Realmente na maternidade nao existem certo e errado. Existe o q é certo e errado pra cada uma de nos. Bjao!

Débora disse...
2 de dezembro de 2011 06:56

Falou e disse, amiga !
Assino embaixo. Também adorei o seu post ! Um grande abraço e um ótimo finde pra vc

Bergilde disse...
2 de dezembro de 2011 10:54

Olá,
Chegando a pouco pra conhecer e encarando seu texto dentro de um tema tão polêmico.Relações humanas independentemente se são virtuais ou não, são sempre complicadas,mas existem as exceções também e isto incluindo o mundo materno.Temos entretanto,como bem disse você,que ter respeito e ser educados com nossos leitores pois queremos ser ouvidas.Saber ouvir é fundamental!
Abraço carinhoso da Itália,

Bela disse...
2 de dezembro de 2011 20:41

Oi Yah,

Eu como vc quando iniciei meu blog, foi numa "inocencia" de diario. Nao tinha a menor ideia do quao grande eh esse assunto de "Ser Mae". Estou aprendendo muitas coisas no mundo da blogsfera materna, e uma delas eh respeitar cada mamae.


Antes de eu ser mamae eu era bem critica com o modo das mamaes americanas cuidando dos filhos ( nunca bloguei sobre isso) mas depois que me tornei mae, vi que a realidade eh mais dura do que se parece, e aprendendo sem cuspir na testa a gente vai vivendo cada dia. Paz para mim, eh eu saber acompanhar as mamaes sem julga-las e aprendendo com cada post alheio. Gracas a Deus, minhas seguidoras sao educadas e eu retribuo da mesma forma ( eu acho...rsrs)

Amei seu texto! como sempre..

bjinhos

Genetriz disse...
2 de dezembro de 2011 21:37

Oi Yasmin!
Ótimo texto. Devia ser a introdução do Manual de Ética da Blogueira Mãe ;-)
Não sei exatamente como funciona uma blogagem coletiva, mas meu texto de hoje é justamente sobre a intolerância na internet materna.
Comecei hoje mesmo a participar de uma lista de discussão de mães e fiquei chocada com alguns emails. É muita falta de educação, acima de tudo.
Ainda bem que existe gente fina, elegante e sincera nesse mundo, é ou não é?
Beijo grande!
Rafaela

Débora Nunes disse...
2 de dezembro de 2011 22:59

Amiga ontem na hora que ia comentar seu post acabou a força credita? rs

Ca estou novamente, pra dizer que adorei o post! Falou muito bem Yahhh...

As pessoas tem mesmo que parar e pensar antes de escrever e falar!

Beijos
Débora

Maura disse...
3 de dezembro de 2011 23:54

Oi!

Vim lhe convidar para participar dos SORTEIOS DE NATAL DO MEU BLOG:

Adesivo de parede com tema natalino Dcolado (SÓ ATÉ AMANHÃ – 04/12):
http://coisasdamaura.blogspot.com/2011/11/sorteio-de-natal-ii-concorra-um-adesivo.html
Vale compra de R$ 100,00 na Boniticos (SÓ ATÉ AMANHÃ – 04/12): http://coisasdamaura.blogspot.com/2011/11/novo-sorteio-concorra-um-vale-compras.html
Livro de assinaturas personalizado Aromática:
http://coisasdamaura.blogspot.com/2011/11/sorteio-de-natal-iii-concorra-um-livro.html
Balanço avião vermelho xalingo:
http://coisasdamaura.blogspot.com/2011/12/sorteio-de-natal-iv-concorra-um-balanco.html

Boa Sorte!

Um abraço,
Maura, mamãe da Sophia
coisasdamaura.blogspot.com
coisasdamaura@terra.com.br

Genis disse...
5 de dezembro de 2011 09:25

Agradecimento pela blogagem coletiva e resultado do sorteio lá no blog!
Beijos e ótima semana!
Genis ♥

Iolanda Lopes - Verdades e Carinho de Mãe disse...
6 de dezembro de 2011 07:22

Você falou muito bem.
Precisamos ser tolerantes, e respeitar as diferenças.
Cada mãe cria seu filho do seu jeito, e assim sempre será.
Cada uma descobre sua receita de adequação e bem estar, pura e simplesmente.
Ainda bem que tenho visitantes educadas e gentis. Tão bom isso.
bju

Raquel Fernanda disse...
7 de dezembro de 2011 14:45

Olá vim agradecer a visita e retribuir a visita. Vc sempre será bem vinda!

É preciso respeitar as opiniões diferentes das nossas, isso só acontece com pessoas que não aceitam que os outros tenham opinião própria, pra mim isso demonstra desvio de personalidade. Querendo moldar as pessoas segundo suas crenças.

Eu não concordo com muita coisa nesse mundo, e nem por isso sai falando tudo que vem pela cabeça, sem o devido respeito que a pessoa mereça.

Sinto que se as pessoas tratassem os outros como gostariam de serem tratadas, o mundo seria melhor de viver..

Tatiana Lucia disse...
8 de dezembro de 2011 23:56

Nossa Yah, mais claro e objetivo impossível. Ótimo texto! Tomara que chegue nas pessoas certas! Pq vamos combinar é vergonhosa essa realidade.
Super beijo

OBS: Não tinha visto a mudança no blog. Ficou 10! Parabéns!

Roseli de Araujo Gomes disse...
14 de dezembro de 2011 10:43

Bom dia Yasmim!
É a segunda vez que percebo esse tema em um blog... uma vez comentaram comigo que no mundo do PSP é semelhante, briga de egos...
Outra ocasião rolava um selinho,muito legal: Gentileza, gera gentileza!
Ainda vejo em alguns blogs...
Porém, resumindo tudo, uma frase basta: "Amar ao Próximo"...
Bjins e parabéns pelo Post!

FLYRoBrasileira

Mamãezinha disse...
17 de dezembro de 2011 17:46

Yasmim. Hoje vim para avisar que o Crescendo Juntas foi privatizado. Eu gostaria muito que você aceitasse o convite para continuar por lá. Para isso eu preciso de seu e-mail que você poderá enviar para: crescendojuntas@gmail.com. Muito obrigada. Renata.

Roseli de Araujo Gomes disse...
19 de dezembro de 2011 11:40

Bom dia!!!

Passei para desejar um Natal de Luz e muita Paz!!!

Bjins

FLYRoBrasileira

Volver al inicio Volver arriba Mamãe no País das Maravilhas | Design e programação por Design Burguês | Mantido por Yasmin Scanarare.